seguinte
anterior
itens

Article

Estratégia AEA-Eionet 2021-2030: Fornecimento de dados e conhecimentos para concretização das ambições da Europa em matéria de clima e ambiente

Mudar de idioma
Article Publicado 2021-02-04 Modificado pela última vez 2021-02-17
5 min read
Photo: © Hasan Baglar, REDISCOVER Nature /EEA
A nossa estratégia comum indica a direção do nosso percurso. Introduz uma nova forma de trabalhar em conjunto e de criar conhecimento, mais ágil, reativa, pró-ativa e exequível, que corresponda aos desafios que enfrentaremos e ao conhecimento de que precisaremos na próxima década.

Seja prudente e façamos de 2021 um ano memorável no nosso percurso rumo a uma Europa verde e digital.

Hans Bruyninckx, Diretor Executivo da AEA

2020 é um ano que ficará na memória. O mundo inteiro foi afetado pela COVID-19. Em questão de meses, a pandemia forçou-nos a mudar a forma como vivemos, aprendemos, trabalhamos, nos movimentamos e até mesmo socializamos. Alguns perderam entes queridos; outros adoeceram. Alguns de nós têm estado a trabalhar a partir de escritórios domésticos improvisados, outros têm estado na linha da frente, a ajudar os mais vulneráveis. Agora que o ano chega ao fim, a maioria dos países da Europa está a passar por uma segunda vaga de COVID-19, e os impactos — nos domínios da saúde pública, da economia e do ambiente — estão a tornar-se mais claros.

A escala e a velocidade desta pandemia revelaram a nossa vulnerabilidade, mas também a nossa resiliência e agilidade. Perante muitas incógnitas e incertezas, as autoridades públicas tiveram de tomar e implementar medidas drásticas para conter a pandemia e minimizar os seus impactos. De um dia para o outro, muitos de nós tiveram de se tornar proficientes na utilização de novas ferramentasonline, no trabalho e na escola. A situação mostrou-nos que podemos tomar decisões difíceis e que podemos adotar novas tecnologias e estilos de vida.

O compromisso da Europa para com o ambiente e o clima foi reconfirmado

Foi há cerca de um ano que a recém-nomeada Comissão von der Leyen anunciou o Pacto Ecológico Europeu, um ambicioso conjunto de prioridades políticas para alcançar a neutralidade climática, a sustentabilidade económica e uma transição justa. Passado um ano, e apesar do choque e dos impactos socioeconómicos da COVID-19, é impressionante que as ambições ambientais e climáticas a longo prazo da União Europeia se tenham mantido inalteradas. Pelo contrário, continua a ser apresentado um número crescente de iniciativas políticas, incluindo a Estratégia de Biodiversidade, a Estratégia do Prado ao Prato, a Estratégia para os Produtos Químicos e o Pacto Europeu para o Clima. Tanto o Parlamento Europeu como o Conselho Europeu aprovaram recentemente o objetivo mais ambicioso de reduzir pelo menos 55 % as emissões de gases com efeito de estufa até 2030.

Há décadas que a ciência faz soar sinais de alarme sobre as alterações climáticas, a degradação ambiental e os seus potenciais impactos no nosso bem-estar. Mas encontramo-nos num ponto de viragem, e a próxima década oferece uma oportunidade única e inédita. Pela primeira vez, o conhecimento e a política estão alinhados para alcançar a sustentabilidade em todo o continente. O compromisso da Europa manteve-se inalterado, mesmo quando os impactos económicos da pandemia exigiram medidas de recuperação urgentes. Os pacotes já estão totalmente alinhados com os objetivos de uma recuperação verde e digital.

Este forte empenhamento e ambição política são essenciais, mas não suficientes. Terão de ser traduzidos em políticas e medidas concretas tomadas em todas as fases do percurso, que, por sua vez, terão de ser orientadas por e apoiadas em conhecimentos confiáveis e utilizáveis, por forma a garantir que a Europa continue no bom caminho e atinja as suas ambições ambientais e climáticas a longo prazo. E é exatamente isso que nós, a Agência Europeia do Ambiente e a Rede Europeia de Informação e de Observação do Ambiente (Eionet), iremos assegurar.

AEA e Eionet: uma visão comum e uma estratégia conjunta para 2021-2030

Ao longo da próxima década, os desafios ambientais e climáticos que a Europa enfrentará exigirão respostas sistémicas, bem como uma aplicação integral das políticas e uma integração plena dos objetivos de sustentabilidade nas políticas socioeconómicas. Serão também essenciais a sensibilização do público para escolhas mais sustentáveis e a coordenação global.

O objetivo da Estratégia AEA-Eionet 2021-2030 é fornecer os dados e os conhecimentos necessários para enfrentar estes desafios. A nossa visão consiste em «promover uma Europa sustentável através de conhecimentos confiáveis e utilizáveis que permitam uma tomada de decisões informada em matéria de prioridades e soluções ambientais e climáticas, em conformidade com as ambições da Europa em termos de políticas. Juntas, a AEA e a Eionet constituirão a principal rede para divulgação de conhecimentos em matéria de ambiente e clima relevantes para a elaboração de políticas, a nível da União Europeia e a nível nacional.  

Hoje, a nossa vasta rede liga centenas de instituições de 38 países membros e cooperantes. A Eionet inclui igualmente os Centros Temáticos Europeus, consórcios de organizações europeias com competências em domínios ambientais específicos. Trata-se de uma rede única destinada a apoiar a elaboração de políticas, proporcionando conhecimentos especializados, apoiados por dados de qualidade garantidos, pelo reforço das capacidades e por uma infraestrutura inovadora de comunicação de dados.

Identificámos os nossos objetivos estratégicos para a próxima década. Continuaremos a apoiar a implementação de políticas e as transições para a sustentabilidade, e apresentaremos atempadamente contributos com vista a encontrar soluções para os desafios em matéria de sustentabilidade. De modo a transmitir os conhecimentos necessários, construiremos redes e parcerias mais fortes, e utilizaremos plenamente o potencial dos dados, da tecnologia e da digitalização, garantindo simultaneamente que continuaremos a desenvolver os nossos conhecimentos especializados e a capacidade em toda a rede.

Forneceremos conhecimentos utilizáveis em cinco áreas de trabalho: biodiversidade e ecossistemas; mitigação e adaptação às alterações climáticas; saúde humana e ambiente; economia circular e utilização dos recursos; e tendências, perspetivas e respostas em matéria de sustentabilidade. Os setores produtivos da Europa, bem como os sistemas de consumo e de produção, serão abordados através destas cinco áreas de trabalho interligadas.

A nossa estratégia comum indica a direção do nosso percurso. Introduz uma nova forma de trabalhar em conjunto e de criar conhecimento, mais ágil, reativa, pró-ativa e exequível, que corresponda aos desafios que enfrentaremos e ao conhecimento de que precisaremos na próxima década.

Seja prudente e façamos de 2021 um ano memorável no nosso percurso rumo a uma Europa verde e digital.

Hans Bruyninckx

Diretor Executivo da AEA

Editorial publicado na edição de dezembro de 2020 do Boletim Informativo n.º 04/2020 da AEA

Permalinks

Geographic coverage

Temporal coverage

Ações do documento