Índice Europeu da Qualidade do Ar: informação sobre a qualidade do ar atual ao alcance dos seus dedos

Mudar de idioma
Notícias Publicado 2017-11-16 Modificado pela última vez 2017-11-16
3 min read
Um novo Índice Europeu da Qualidade do Ar, lançado hoje pela Agência Europeia do Ambiente (AEA) e a Comissão Europeia, permite aos utilizadores verificar a qualidade do ar atual nas cidades e regiões da Europa. O Índice é acompanhado de fichas informativas por país que facultam informação atualizada sobre a qualidade do ar relativa aos países membros da AEA.

 Image © Kapitalist63 /Flickr

O novo serviço em linha da AEA e da Comissão Europeia, o Índice Europeu da Qualidade do Ar, faculta informação sobre a situação atual da qualidade do ar com base em medições de mais de 2 000 estações de controlo da qualidade do ar na Europa.

O índice consiste num mapa interativo que apresenta a situação local da qualidade do ar a nível da estação, com base em cinco poluentes principais prejudiciais para a saúde humana e para o ambiente: partículas em suspensão (PM2,5 e PM10), ozono na baixa troposfera (O3), dióxido de azoto (NO2) e dióxido de enxofre (SO2).

Os utilizadores podem ampliar ou pesquisar qualquer cidade ou região na Europa para verificar a qualidade geral do ar e as medições por poluente principal. O Índice mostra uma classificação geral para cada estação de controlo, assinalada por um ponto colorido no mapa, correspondendo à pior classificação para qualquer um dos cinco poluentes.

European Air Quality Index

«O novo Índice Europeu da Qualidade do Ar proporciona aos cidadãos uma forma simples de aceder a informação sobre a sua qualidade do ar local, o que pode ter um impacto direto na sua saúde. Esta informação, acessível a todos, constitui uma base importante para um diálogo e decisões necessários para salvaguardar a saúde das pessoas, sobretudo nas cidades», afiançou Hans Bruyninckx, Diretor Executivo da AEA, que apresentou hoje o Índice no Fórum Ar Limpo, organizado pela Comissão Europeia, em Paris.

Karmenu Vella, Comissário Europeu responsável pelo Ambiente, pela Pesca e os Assuntos Marítimos, também saudou o Índice, afirmando: «A poluição atmosférica é um assassino invisível e, portanto, o Índice da Qualidade do Ar é necessário para informar os cidadãos europeus sobre o estado do ar que respiram na sua zona. Estamos a trabalhar com as cidades, as regiões, os países e a indústria para combater as fontes dessa poluição, que constituem um conjunto de poluentes proveniente de fábricas, habitações e terrenos, não apenas dos transportes. Devemos trabalhar todos em conjunto para melhorar a qualidade do ar.»

A AEA também publicou fichas informativas por país atualizadas que fornecem uma síntese anual da poluição atmosférica e dos seus impactos nos países membros da AEA. Facultando informação mais pormenorizada e a nível nacional sobre as emissões de poluentes atmosféricos e a qualidade do ar, as fichas informativas complementam o Relatório sobre a Qualidade do Ar na Europa – 2017, publicado em outubro.

O mais recente relatório sobre a qualidade do ar da AEA revela que as pessoas que vivem nas cidades da Europa continuam expostas a níveis de poluição atmosférica considerados prejudicais pela Organização Mundial de Saúde. O poluente mais prejudicial, partículas finas em suspensão (PM2,5), causou a morte prematura a aproximadamente 400 000 europeus em 2014. Segundo o relatório, a poluição atmosférica tem igualmente impactos económicos consideráveis, designadamente, o aumento das despesas com a saúde, a redução da produtividade dos trabalhadores e os danos causados nos solos, colheitas, florestas, lagos e rios. Os transportes rodoviários, a agricultura, as centrais elétricas, a indústria e as residências constituem os maiores emissores de poluentes atmosféricos na Europa.

Contexto

O Índice Europeu da Qualidade do Ar indica a situação da qualidade do ar a curto prazo em cada uma das mais de 2 000 estações de controlo na Europa. A legislação europeia estabelece normas de qualidade do ar para curto prazo (horário/diário) e longo prazo (anual). Por conseguinte, o Índice não reflete a situação da qualidade do ar a longo prazo (anual), que poderá divergir consideravelmente.


Temporal coverage

Agência Europeia do Ambiente (EEA)
Kongens Nytorv 6
1050 Copenhagen K
Dinamarca
Telefone: +45 3336 7100