seguinte
anterior
itens

Notícias

A natureza da Europa está sob pressão — desafios e soluções

Mudar de idioma
Notícias Publicado 2022-02-03 Modificado pela última vez 2022-02-25
2 min read
Photo: © Josef Timar, REDISCOVER Nature /EEA
O trabalho da Agência Europeia do Ambiente (AEA) e outras avaliações revelaram que os ecossistemas europeus estão seriamente ameaçados. Séculos de exploração deixaram marcas no mundo natural da Europa e a maioria dos habitats e das espécies protegidos não apresenta um bom estado de conservação. A Sinais 2021 da AEA apresenta uma panorâmica dos problemas que a natureza da Europa está a enfrentar e aponta estratégias para reverter a situação.

O valor da natureza vai além dos serviços diretos que nos presta. A natureza tem também valor cultural, constituindo o pano de fundo da nossa existência enquanto humanos e proporcionando as condições necessárias para uma boa saúde física e mental, bem como para o bem-estar emocional e espiritual.

Hans Bruyninckx, diretor executivo da AEA

A «Sinais 2021  — A natureza da Europa» da AEA traça um quadro do estado da natureza europeia — dos seus habitats e espécies — e abre uma janela para o mundo da conservação, recolha de dados e estratégias para restaurar a biodiversidade e os ecossistemas. A Sinais da AEA consiste numa série de artigos curtos baseados em dados, informações e entrevistas a peritos anteriormente publicados pela AEA.

A Sinais da AEA deste ano debruça-se sobre o  valor da natureza  e a razão pela qual os ecossistemas são importantes para o bem-estar das pessoas. Um artigo sobre o estado da natureza descreve os desafios que a natureza da Europa enfrenta atualmente, enquanto outros analisam as principais causas subjacentes à situação preocupante e as vias mais promissoras para permitir que a natureza recupere e prospere.

James Vause, economista-chefe no Centro Mundial de Vigilância da Conservação do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (UNEP -WCMC), e colaborador da análise Dasgupta sobre a economia da biodiversidade, dá uma entrevista sobre o modo como a responsabilização pode ajudar a travar a perda de biodiversidade.

A Dra. Beate Jessel, presidente da Agência Federal Alemã para a Conservação da Natureza, partilha perspetivas sobre as ligações entre biodiversidade e alterações climáticas e aquilo que pode ser feito para aumentar a resiliência da natureza num clima em mutação.

Petr Voříšek da Sociedade de Ornitologia checa e membro da equipa de coordenação do 2.º Atlas Europeu das Aves Nidificantes explica como os dados sobre as populações de aves são compilados e quais os desafios específicos que as populações de aves da Europa enfrentam atualmente.

Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030 é o plano da Europa a longo prazo para proteger a natureza e reverter a degradação dos ecossistemas. Juntamente com outras iniciativas, é uma componente central do Pacto Ecológico Europeu, que delineia a ambição a longo prazo da UE de se tonar no primeiro continente com impacto neutro no clima com uma economia sustentável até 2050.

A Sinais da AEA é uma publicação anual de fácil leitura, que analisa questões-chave relativas ao ambiente e ao clima. Os temas focados na Sinais nos últimos anos foram a poluição (2020), o solo (2019), a água(2018), e a energia (2017).

O último relatório da AEA sobre o «Estado da natureza na UE» mostra resultados alarmantes do período 
de referência 2013-2018. Muitas espécies e habitats na Europa enfrentam um futuro incerto se não 
forem tomadas medidas urgentes para inverter a situação.




Permalinks

Geographic coverage

Temporal coverage

Categorias

classificado em:
classificado em: signals, biodiversity, nature
Ações do documento