Ferramentas Pessoais

Notificações
Receba notificações sobre novos relatórios e produtos. Frequência: 3-4 e-mails / mês.
Subscrições
Inscrever-se para receber os nossos relatórios (em versão em papel e/ou eletrónica) e o boletim informativo eletrónico trimestral.
Siga-nos
Twitter ícone Twitter
Facebook ícone Facebook
YouTube ícone Canal no YouTube
Logotipo RSS 'RSS Feeds'
Mais

Write to us Write to us

For the public:


For media and journalists:

Contact EEA staff
Contact the web team
FAQ

Call us Call us

Reception:

Phone: (+45) 33 36 71 00
Fax: (+45) 33 36 71 99


seguinte
anterior
itens

Saltar para conteúdo principal | Ir para navegação

Sound and independent information
on the environment

Você está aqui: Entrada / Sinais – O ar que respiramos / Sinais 2011 / Megatendência global Terra 2050 / Viver num mundo urbano

Viver num mundo urbano

Mudar de idioma
Um mundo cada vez mais urbano implicará provavelmente um aumento do consumo e mais riqueza para muitas pessoas, mas também significa maior pobreza para os desfavorecidos das cidades. As más condições de vida urbanas e os riscos ambientais e para a saúde a elas associados podem afectar todas as regiões do mundo.

Por que razão a urbanização é importante para si?

A concepção e a governação das zonas urbanas, sobretudo no Sudeste Asiático, terão fortes impactes nas emissões de gases com efeito de estufa e na procura de recursos a nível global. Uma vez construída, pode ser difícil alterar uma cidade de forma substancial. Os habitantes adaptam-se a essas condições e o seu comportamento também pode ser difícil de mudar. Em muitos lugares do mundo em desenvolvimento, as cidades estão em risco de se encerrarem, por muitas décadas, em modelos de desenvolvimento urbano que consomem muita energia e recursos.

Num mundo altamente interligado, com evolução da urbanização e dos padrões de consumo conexos, a Europa será afectada de forma sobretudo indirecta. Entre os possíveis impactes inclui-se a alteração dos padrões europeus de utilização do solo, induzida por uma maior concorrência pelos recursos e pela ameaça de desenvolvimento e propagação de doenças a nível global.

Gráfico 6: Tendências urbanas

Pela primeira vez na história, mais de 50% da população mundial vive em zonas urbanas. Em 2050, é provável que cerca de 70% da população viva nas cidades (UNDESA, 2010). Os demógrafos calculam que em 2050 a Ásia terá mais de 50% da população urbana do planeta.

Para mais informações, visite: «Global megatrends: living in an urban world»: www.eea.europa.eu/soer/europe-and-theworld/megatrends

Tendências urbanas

Geographical coverage

[+] Show Map

Ações do documento

Comentários

Agência Europeia do Ambiente (EEA)
Kongens Nytorv 6
1050 Copenhagen K
Dinamarca
Telefone: +45 3336 7100