Ferramentas Pessoais

Notificações
Receba notificações sobre novos relatórios e produtos. Frequência: 3-4 e-mails / mês.
Subscrições
Inscrever-se para receber os nossos relatórios (em versão em papel e/ou eletrónica) e o boletim informativo eletrónico trimestral.
Siga-nos
Twitter ícone Twitter
Facebook ícone Facebook
YouTube ícone Canal no YouTube
Logotipo RSS 'RSS Feeds'
Mais

Write to us Write to us

For the public:


For media and journalists:

Contact EEA staff
Contact the web team
FAQ

Call us Call us

Reception:

Phone: (+45) 33 36 71 00
Fax: (+45) 33 36 71 99


seguinte
anterior
itens

Saltar para conteúdo principal | Ir para navegação

Sound and independent information
on the environment

O Ártico

Mudar de idioma
Um nível acima
  • Dines Mikaelsen de Tasilaaq, uma aldeia na ilha de Amassalik na costa oriental da Gronelândia, reparou nos sinais de aquecimento. "Há cinco anos, não existiam moscas no Norte da Gronelândia. Agora já existem. Aqui as moscas chegam um mês mais cedo do que o habitual," comenta Dines. Click to view full-size image… 1.2 MB
  • Outro resultado das alterações nos ecossistemas tem sido a ameaça à prática da caça de animais marinhos, fundamental na cultura Inuit indígena na Gronelândia. Click to view full-size image… 998.0 KB
  • Dines comenta que em Tasilaaq o número de caçadores caiu para mais de metade nos últimos anos. Considera que essa situação se deve em parte à imprevisibilidade do gelo de inverno, bem como às mudanças na população das focas e, devido à globalização, as pessoas irem encontrando novas formas de se sustentar. Click to view full-size image… 946.0 KB
  • Dines é um caçador Inuit que teve de aprender a diversificar. Agora leva com ele grupos de turistas quando sai para caçar. Click to view full-size image… 977.8 KB
  • Com este terceiro tiro, Dines mata uma foca. Os turistas ficam um pouco chocados, ainda que isso seja aquilo que foram ver. Click to view full-size image… 1.1 MB
  • Os Inuit não disparam por prazer. Tudo o que vem da foca é usado: As peles para roupa, a gordura para óleo de cozinha e lubrificantes, e a carne para alimentar pessoas e cães. Click to view full-size image… 899.6 KB
  • A abertura de canais no gelo significa que todos os anos estão a surgir mais navios de cruzeiro. Na Primavera e no Verão os turistas vêm para participar em caçadas, e nos meses de Outono e Inverno os residentes locais levam-nos a passear em trenós puxados por cães e a pescar no gelo. Click to view full-size image… 1.1 MB
  • É provável que muitas outras actividades económicas no Ártico aumentem à medida que o gelo for recuando. As pessoas poderão pescar mais a norte, os recursos de petróleo e gás serão explorados, e será possível o transporte intercontinental de mercadorias com mais águas abertas e gelo mais fino. Click to view full-size image… 834.0 KB
  • As pessoas indígenas do Ártico são algumas das primeiras à face da terra a sofrerem os reais impactos das alterações climáticas e a adaptar os seus estilos de vida e cultura. Equilibrar os benefícios económicos de um Ártico mais quente em relação aos riscos ambientais será um desafio significativo. Click to view full-size image… 1.0 MB
  • A vida no Ártico está a mudar. Nos últimos 50 anos, as temperaturas aumentaram o dobro da média mundial, transformando a paisagem com o derretimento dos glaciares e com a abertura de canais no gelo. Click to view full-size image… 1.1 MB
  • O derretimento do gelo no Ártico é muito preocupante já que os pólos norte e sul desempenham um papel fundamental no arrefecimento do clima mundial. Se as temperaturas continuarem a aumentar ao ritmo previsto, as consequências serão profundas para todos nós. Click to view full-size image… 980.7 KB
  • Em 2007, a extensão de gelo de mar no Verão menos de metade do volume que apresentava em 2003. O gelo de mar mais antigo, mais espesso e mais estável está a desaparecer, e a frágil rede de ecossistemas do Ártico já foi afectada. Click to view full-size image… 336.6 KB

Conteúdo relacionado

Geographical coverage

[+] Show Map

Ações do documento

Comentários

Registre-se já
Receba notificações sobre novos relatórios e produtos. Atualmente, temos 33031 assinantes. Freqüência: 3-4 e-mails por mês.
Notificações arquivo
Siga-nos
 
 
 
 
 
Agência Europeia do Ambiente (EEA)
Kongens Nytorv 6
1050 Copenhagen K
Dinamarca
Telefone: +45 3336 7100